Buscar
  • Leonardo Rodrigues

03 ERROS que você NÃO deve cometer como Vendedor

Uma das frases clássicas das atualidades é: TODOS somos vendedores! E ela é VERDADE!

Porém, por ser algo tão comum e natural, associamos o processo do comercial, como sorte, dom e talento.

E quando não é visto desse jeito, é enxergado com um grande desdém. Do tipo, não sabe o que fazer? Vira vendedor!

E não é assim! Vender é complexo e extremamente suscetível à erros, exatamente, por lidar com a tomada de decisão de outras pessoas!

E é isso que torna tudo tão interessante e tão complicado!

Por isso, hoje iremos tratar sobre 03 ERROS que você NÃO deve cometer e o que podemos extrair de bom deles!


1º) Preço x Valor

Se engana quem pensa que não é necessário conhecer 100% o seu produto e serviço, que basta consultar um colega e/ou o sistema.

Quantas vezes você já foi até a loja - em diversos casos já tendo até pesquisado sobre o produto - e foi tirar uma dúvida com o vendedor e ele não sabia lhe informar.

Como você se sentiu? O que achou desse vendedor? O que isso lhe faz pensar sobre a empresa?

Não posso dizer por todos, mas a impressão que me passou foi péssima.

Vivemos em um momento, aonde as pessoas tem muito mais acesso às informações dos produtos, benefícios e malefícios de um serviço.

E a ida às lojas tem como objetivo, em muitos dos casos, ver o produto, conversar com quem tem contato com clientes e usuários.

Espera-se que o vendedor seja essa pessoa! E se não for, isso retarda o processo de venda.

Qual o papel do vendedor, então, se não vender?


Vender não é persuadir é, em palavras bonitas, vender o que o produto representa, é dar valor ao que se vende.


Você não vende um carro, você vende a experiência que o seu cliente poderá ter com ele, a liberdade, a independência, os lugares que ele consegue ir, porque ele terá um carro, a economia de tempo, o conforto de não ter de pegar ônibus!! TANTAS COISAS!

Assim como, quando se trata de serviços, você vende a solução do problema! Então, você não oferta uma consultoria, você oferta o crescimento do lucro, a diminuição dos custos e despesas, o aumento da margem de contribuição!


Não basta fazer mais do mesmo! Tem de pensar diferente!


Um pensamento muito básico: se você fosse seu próprio cliente, você compraria o que você vende? Se NÃO, precisamos MUDAR!

Você vende o seu produto e serviço baseado na estratégia de preço? Se SIM, precisamos MUDAR!


2º) Conheça e se comprometa com o seu cliente

Não conhecer a quem destinamos não é um problema só da área comercial, mas de toda a empresa e comum no nosso dia a dia, fora até da esfera empresarial.

Quem não conhece, se aproxima e prospecta de pessoas que não se tornarão seus clientes, que não irão comprar de você e o mais importante, que não irão se fidelizar! (cliente bom, é cliente fiel!)

Ao falarmos de conhecer seu cliente, a ponta começa no seu marketing, em como ocorre a sua chegada de clientes.

Se você não tem estratégias e os seus novos consumidores chegam por meio de indicação, ÓTIMO! Espero que continue assim e que consiga indicações suficientes para o crescimento do seu empreendimento!

No entanto, a realidade é outra para as demais empresas!

E se torna necessário a adoção de estratégias de marketing para que tenhamos a conversão de futuros clientes para, de fato, consumidores.

E eis que começa a importância de conhecer TUDO sobre ele, como ele se comporta, tangenciando, principalmente, dentro do seu nicho de mercado!


Conhecer quem ele é, qual a forma que se comunica, quais são seus sonhos e dificuldades!

É sobre isso que você tem de conversar com ele e relacionar com o que você pretende que ele compre!


E isso faz total sentido para que mesmo que a compra não aconteça, ele sinta que ali ele se sentiu representado, que a sua empresa o compreende e sabe do que ele precisa.

Com toda certeza, a lembrança será positiva!

Sob a outra parte que eu disse sobre esse tópico, está relacionado à você ter compromisso!

O óbvio precisa ser dito e, nesse caso, ser reforçado!

Pontualidade, cortesia, educação, são virtudes que sobram em alguns empreendimentos e parecem faltar em outros.

Não interessa se o seu público é classe A, B, C ou Z!

Tudo gira em torno da experiência que o seu cliente teve dentro da sua loja, da sua empresa, do atendimento no telefone, no e-mail!!


3º) CULTIVE um processo EFICIENTE!

Por último, mas de modo algum, menos importante, tenha um processo que assegure a qualidade!

Se você não possui uma equipe de vendas, não pense que isso não se adequa para você!

SE ADEQUA SIM!

Você que é “sozinho”, precisa saber como a sua rotina funcionará para dar conta de fazer tudo com excelência.

O objetivo é entender: dado a sua proposta, o que funciona e garantir que isso aconteça SEMPRE!


Ou seja, se estivermos falando da venda de um projeto arquitetônico, por exemplo, em quanto tempo o cliente haverá um retorno com o primeiro esboço? Como funciona a comunicação com ele, a forma de apresentação e é importante que isso exista dentro da sua rotina! Não apenas para o seu cliente, mas no seu dia a dia!


Não precisa ser burocrático, precisa ter bom atendimento, ou seja, bons hábitos!


Conclusão


Vendas é sobre RELACIONAMENTO e COMUNICAÇÃO!


Seja você grande ou pequeno, o setor comercial é o que movimenta e, de certa forma, garante  parte do seu crescimento!

Portanto é fundamental que você CONHEÇA a sua persona, o seu comprador, para que você adeque a sua linguagem e saiba apresentar o que SOLUCIONARÁ as suas dores, os seus problemas!

Você não vende um produto, você vende solução e experiência, sempre alinhada com um processo que ficará claro para o seu consumidor, junto à um momento único de bom atendimento, de vendedores atenciosos e empáticos!

Se você não se importar, haverá alguém que se importe!


E por mais que o seu preço seja mais baixo, o que ficará na memória dele, será o quanto ele se conectou com quem o atendeu, com o alinhamento de propósito do que ele precisa com o que a empresa possui como meta!

23 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Sua equipe está do seu lado?

Como vão as coisas? Espero que esteja bem! Bom, como falei no e-mail da semana passada, pessoas são o motor da sua empresa. Os resultados e as mudanças dependem diretamente delas. E as maiores dúvidas

Você tem medo de fazer?

Olá, como estão as coisas? Se lembra que nas últimas semanas eu te trouxe conteúdos voltados para uma gestão por indicadores, uma gestão de planejamentos e para o desenvolvimentos de estratégias tátic

  • Facebook Social Icon

© 2020 por Unitec Contábil

​​SCS Quadra 01 Bloco I, Edifício Central, Sala 301 e 308;

Brasília - DF.

CEP.: 70304-900